Você conhece os benefícios de um programa de demissão humanizada?

Você já pensou em ter um programa específico e mais humanizado para desligamentos em sua empresa? Sabemos que não existe nenhuma maneira confortável de mandar alguém embora, no entanto, a demissão humanizada é uma alternativa interessante para facilitar esse desafio que geralmente fica para a equipe de recursos humanos.

Por causa de seus benefícios, esse desligamento humanizado tem sido uma solução eficiente para diversas empresas – já que tende não só a colaborar com a posição de quem vai oficializar a demissão, mas também diminuir os danos emocionais que podem ser causados ao colaborador.

Para saber mais sobre o assunto e descobrir quais são os benefícios do programa, continue acompanhando o texto.

 

Entenda de onde veio e o que é demissão humanizada!

 

A demissão humanizada surgiu na década de 60, nos Estados Unidos.

Mas, por que lá e por que nessa época?

Esse momento foi fortemente marcado pelo desligamento em massa nas áreas de ciência e engenharia. Hoje, é uma realidade em empresas de todo mundo!

Também conhecida como outplacement, a demissão humanizada é um benefício concedido ao ex-colaborador, ou seja, preza que o desligamento seja comunicado e explicado com cautela, agradecimento e respeito.

 

Por que investir em desligamento humanizado?

 

Analisando essa questão, é importante refletirmos de outra forma, que seria: por que não tornar o desligamento de colaboradores em algo mais humano?

 

Esse processo pode amenizar efeitos negativos para todas as partes.

Além disso, é ideal levar em consideração toda a trajetória que o colaborador trilhou dentro da empresa. 

Dessa forma, será possível mostrar reconhecimento de todos os ganhos que teve durante a permanência do mesmo, bem como justificar melhor os motivos do desligamento.

 

Conheça os principais motivos para implantar a demissão humanizada

 

Finalmente chegamos ao que você gostaria de saber, não é mesmo? Então, vamos lá! Chegou a hora de conhecer os benefícios e as vantagens que esse tipo de programa pode trazer.

Na demissão humanizada, o gestor responsável pelo desligamento considera o estado emocional do seu colaborador e também entende que a decisão pode mexer com as emoções dos colegas de trabalho.

Todos os envolvidos na situação são extremamente importantes e também têm relação com o nome da sua empresa.

Quando você institui esse tipo de programa, certamente estimula confiança nos outros colaboradores e consequentemente, consegue fortalecer as estratégias do employer branding.

Se ambas as partes estiverem bem resolvidas com a situação, não existirão motivos para ter um clima ruim na organização depois do desligamento.

Com essa visão dentro da empresa, você fortalece os valores e a responsabilidade social da organização. Ou seja, seus valores e sua missão não serão somente “conversa”, mas serão praticados.

 

E, como já foi mencionado, aplicar estratégias para melhorar sua visibilidade como marca empregadora e o desligamento humanizado, pode reduzir os riscos de processos trabalhistas.

Percebemos que o processo de demissão humanizada ajuda empresa e colaborador, portanto, não precisam cortam laços – até porque não sabemos nada sobre o futuro. Deixar portas abertas sempre é a melhor saída!

 

Quais são os passos para ter uma demissão humanizada?

 

Quando é tomada a decisão de um desligamento, o gestor e os profissionais de RH precisam reunir toda a documentação necessária e calcular de forma correta todos os valores que precisam ser pagos ao profissional o deixando ciente.  

Por isso, antes de tomar qualquer decisão, é importante que todos os responsáveis pela empresa e pela área do colaborador em questão estejam cientes dessa ação.

A partir disso, sugerimos uma reunião para que o desligamento seja anunciado.

Essa reunião é feita, porque o ideal é que todos os anúncios de demissão sejam feitos pessoalmente – até porque seria inconveniente e insensível optar por dar a notícia de desligamento por meio de um e-mail ou

telefonema.

Se realizar entrevistas presenciais para contratação é uma ação necessária, anunciar o desligamento de qualquer colaborador pessoalmente também é!

Por fim, sabe aquele termo “trate as pessoas como você gostaria de ser tratado”? Então, na demissão humanizada também é assim.

 

Não deixe de abrir espaço para tirar todas as dúvidas e tenha cuidado com as palavras – sem esquecer de deixar claro todos os direitos do colaborador.

 

Dicas de passos que não podem faltar nesse processo de demissão!

 

Preparar uma carta de demissão é importante e evita qualquer tipo de problema, ela é feita para formalizar todos os pontos acertados com o colaborador!

Neste documento descreva todos os motivos que levaram a empresa a tomar esta decisão, lembrando que a forma como você deve se expressar conta muito. 

Procure alternativas que sirvam como ajuda: o apoio da empresa ao colaborador deve ser demonstrado! 

Por isso, apresente as melhores maneiras de ajudá-lo – como procurar especialistas em recolocação profissional, e nós da TRILHA estamos aqui para isso, realizamos um trabalho customizado e feito a 4 mãos, tudo para que seu ex colaborador possa se sentir confiante e confortável no projeto.

Quer saber mais? Acesse o link abaixo e fale com um de nossos consultores: https://www.trilhacarreira.com.br/categorias-servicos/trilha-para-empresas/

Deixe um comentário