Blog

Teste comportamental em recrutamento e seleção para empresas: entenda como fazer!

Recrutar e selecionar os profissionais certos para determinadas vagas é uma tarefa mais complexa do que parece. É preciso ter certeza de que o candidato tem todas as habilidades, competências e conhecimentos necessários para a realização das tarefas da área.

Além disso, o recrutador deve compreender se ele tem aspectos pessoais e valores condizentes com o da empresa. Até porque cada vaga, time e empresa precisam de perfis diferentes.

Então, mais do que analisar o currículo do candidato, é preciso avaliar elementos que vão desde compatibilidade com a missão e a cultura da organização, até as necessidades pessoais de cada área – como a boa comunicação, trabalho em equipe, resiliência, entre outros fatores.

Porém, como analisar esses aspectos de uma maneira rápida e eficiente? Essa é a grande dúvida de centenas de profissionais responsáveis pelo recrutamento e seleção de candidatos.

A verdade é que os testes comportamentais são indispensáveis para isso e estão sendo cada vez mais utilizados dentro das organizações. São grandes aliados do setor de RH tanto para a contratação de novos integrantes quanto ao longo da gestão de pessoas que já estão dentro das empresas. 

Essas ferramentas podem ser usadas antes, durante e depois das contratações para promoções, adequação de funções, seleção de colaboradores entre outras finalidades.

O fato é que por meio deles é possível traçar estratégias de seleção mais assertivas e ágeis. Mas, afinal, o que é esse teste? Como aplicá-lo durante processos seletivos? Confira ao longo deste conteúdo a resposta para essas e outras dúvidas sobre o tema.

Acompanhe!

O que são testes comportamentais?

Testes comportamentais ou “assessment” são aqueles questionários estratégicos que mapeiam as competências dos profissionais. Esse tipo de processo implica em perguntas estratégicas feitas a diferentes profissionais para que as respostas possam revelar quais padrões comportamentais aquelas pessoas se encaixam. 

Em seguida, são agrupados em tipos de perfis profissionais, os quais foram desenvolvidos com base em inúmeros estudos do campo da psicometria.

Esses perfis podem dizer muito sobre uma pessoa, em especial, do seu comportamento na área de trabalho.

Dentro das empresas é fundamental que os colaboradores ajam de acordo com as expectativas da organização. 

Pessoas comunicativas podem ser perfeitas para área de vendas. No entanto, não basta ter facilidade em se comunicar para ser promovido. Será preciso entender qual o estilo de liderança do colaborador, como reage sob pressão, entre outras características antes que deixe de ser vendedor.

Esses testes podem ser importantes porque as empresas precisam de pessoas com habilidades diversas. Algumas são mais criativas e pouco analíticas, outras são muito resilientes e organizadas, mas são introspectivas.

Não há certo ou errado! A diferença é que cada perfil é mais indicado para cada posição. Todos os perfis têm os seus valores. Embora seja um processo realmente vantajoso, muitos acreditam que é difícil de ser aplicado, por isso, não o colocam em prática.

No entanto, nos últimos anos, a tecnologia também se tornou uma grande aliada para estes serviços. Atualmente existem diversas ferramentas que integram as perguntas e respostas dos colaboradores.

Algumas até geram o relatório pronto, com o perfil do colaborador. 

E também ainda existem empresas especializadas que realizam recrutamentos e seleções com testes comportamentais.

Então, as organizações que não querem gastar tempo e recursos criando esses testes, podem contar com consultorias especializados. 

Como aplicar esses testes? 

Os testes comportamentais podem ser aplicados de diversas maneiras – como em questionários individuais, durante as dinâmicas em grupo ou até mesmo no decorrer das entrevistas de emprego.

As perguntas não devem ser necessariamente escritas. Um profissional especializado e preparado pode conduzir a conversa com as questões adequadas, conseguindo extrair essas informações dos candidatos.

Independentemente da forma como for feito, todas as respostas devem ser anotadas, documentadas e analisadas. 

Com base nas informações obtidas, é possível contratar as pessoas certas e tomar decisões adequadas dentro das organizações.

Todo esse esforço vai valer a pena, porque tende a gerar diminuição de turnover, aumento da produtividade, maior rendimento dos colaboradores, melhor clima organizacional, mais eficiência e assim os resultados da empresa crescem.

É claro que esses benefícios serão consequências colhidas por empresas que conduzirem o processo de maneira correta. 

Mesmo com o auxílio de plataformas virtuais que citamos anteriormente, a elaboração e análise dos questionários devem ser feitos por uma equipe altamente qualificada, porque os resultados requerem interpretações específicas, baseadas em teorias de psicologia e interpretação analítica.

Uma das melhores alternativas de aplicar esses testes é treinar o próprio departamento de RH, uma vez que já conhecem as necessidades da marca. 

Ou seja, para aplicar testes comportamentais, o mais recomendado é contratar empresas especializadas em treinamentos de equipes, como a Trilha Carreira, por exemplo.

Com a gente, o contratante não precisa se preocupar com a capacitação dos colaboradores para a aplicação dos questionários. 

Disponibilizamos treinamentos eficientes para que a equipe esteja preparada para realizar esses testes com excelência.

Você também pode contar com a Trilha Carreira para recrutamentos e seleções mais assertivas, rápidas e eficientes. Acesse nosso site e saiba mais!

Este site utiliza cookies e tecnologias semelhantes a fim de melhorar a experiência do usuário e coletar dados de navegação. A navegação neste site implica concordância com nossa política de privacidade e política de cookies.

Estou ciente