Blog

Mudanças no mundo corporativo: respondendo aos anúncios em sua transição de carreira

Para você poder acessar o fluxo de oportunidades que existe no mercado, inclusive os cargos fechados, você deverá utilizar diversos métodos – até mesmo aqueles com os quais não se sente confortável ou mesmo não está acostumado afinal, você não é especialista em procurar emprego (e nem quer ser), porém deverá sê-lo nesse momento de transição de carreira, pois é o que decidiu fazer e quer ter sucesso nessa empreitada.

 

Por onde começar?

 

Apesar de ser uma ação relativamente passiva da sua parte, a única coisa que pode fazer de imediato é responder aos anúncios, visto que as empresas que publicam tais anúncios não solicitam que você as contate por telefone para uma primeira entrevista, apenas que os responda. 

Sua ação, mesmo que única, deve ser eficaz e diferenciada. Junte ao currículo uma carta de apresentação, muito parecida em sua essência com a carta de marketing, que já falamos aqui, porém diferente no seu conteúdo. 

Como o anúncio traz poucas informações sobre a vaga, o conteúdo da carta deverá ser mais genérico, porém, deverá destacá-lo de maneira excepcional entre as milhares de cartas da pilha.

Procure relatar as competências, fundamentadas em suas principais realizações, de forma a corresponder às preferências manifestas no anúncio.

 

Dicas importantes para responder anúncios durante a transição de carreira

Se houver algum indício do segmento de mercado em que a empresa atua, busque no seu inventário de realizações aqueles resultados que comprovam sua experiência nesse mercado, ou aquelas competências que são transferíveis, ou seja, que os torna elegível à posição.

Uma dica, não encaminhe o material logo no dia seguinte ao anúncio, aguarde alguns dias para que este chegue quando o selecionador estiver pronto para escolher entre os poucos finalistas. 

Isto porque a primeira seleção de currículos será focada em aspectos eliminatórios, como uma possível deficiência no idioma solicitado, a formação acadêmica desalinhada com a carreira, a idade etc.

O processo deve ser concluído com brevidade e, então, o selecionador lançará mão dessas características para separar o joio do trigo. 

Sabemos que essas características não desqualificariam um candidato de ter sucesso na posição, uma vez que serão suas competências que o farão elegível ou não, mas, como disse, é o momento de limpar a mesa e manter aqueles currículos exatamente dentro das características pretendidas e diminuir o seu volume.

 

Por que esperar para enviar?

 

Enviando uma semana após, o seu currículo poderá ser avaliado com mais detalhe e critério, onde o selecionador irá buscar compreender se suas habilidades estão alinhadas às exigidas pelo cargo.

Tipicamente, anúncios geram poucas entrevistas ou respostas devido à grande concorrência, porém a ação deverá estar contemplada em sua estratégia.

Suas chances aumentarão apenas se sua carta e currículos forem da mais alta qualidade, em aparência e conteúdo, e coincidir clara e imediatamente com as necessidades que a empresa está procurando com suas qualificações.

 

Devo colocar pretensão salarial?

 

Alguns anúncios pedem que você informe seu último salário e sua pretensão atual. 

Não é exatamente nesta fase que você deveria colocar o assunto, mesmo porque sua pretensão salarial depende principalmente dos desafios que a nova função lhe oferece e de seus interesses pela empresa, ou seja, não tem relação alguma com o seu último salário, que era resultado de sua relação com a empresa anterior. 

Essa solicitação é uma forma de eleger os currículos, mantendo apenas aqueles que se enquadram na proposta da empresa e eliminando os demais, porém, se você não declarar, poderá ser eliminado nesta fase inicial. 

Para contornar a situação, você poderia informar “pretensões salariais em aberto” ou mesmo declarar uma faixa mais abrangente. 

Sempre será um risco, mas potencialmente não o elimina nesta fase e você deixa para discutir o assunto no momento oportuno.

 

Como elaborar currículo e carta de marketing para transição de carreira?

 

Quando o anúncio for para uma posição aberta, a vantagem é que você poderá se preparar antecipadamente para o envio de seus dados. 

O próprio currículo poderá ser revisto e adaptado de forma a apresentar suas principais competências e realizações as quais a empresa tem interesse em conhecer. 

Sua carta de apresentação deverá apontar tanto o seu conhecimento sobre o mercado como suas realizações e, o currículo, viria anexo com o objetivo de detalhar suas qualificações. 

Lembre-se, tanto o currículo como a carta de apresentação são peças para atrair a atenção dos selecionadores e o foco que você dá a elas será seu diferencial no processo.

 

Autor: Sami Boulos

Continua no próximo artigo da série: “Mudanças no mundo corporativo”.