Blog

Guia do LinkedIn: como ter um perfil atrativo

Você sabia que há mais de 14 milhões de vagas de empregos em aberto e 575 milhões de usuários cadastrados no LinkedIn? 

Com estes números, pode parecer fácil encontrar um novo emprego, não é mesmo? Infelizmente você não será notado a menos que comece a pensar estrategicamente em como usar esta plataforma digital.

Mas o que significa “pensar estrategicamente”? 

Em primeiro lugar, seu perfil deve estar visível para os recrutadores. Se o seu perfil não puder ser encontrado no LinkedIn, você está com um problema sério. 

Em segundo lugar, você deve encontrar uma maneira de manter os recrutadores ou os jobhunters de olho em seu perfil e fazer com que eles queiram entrar em contato com você. 

Então, não é apenas uma questão de sorte e sim da forma com a qual você usa seu perfil do LinkedIn. Por isso, hoje viemos trazer uma boa notícia: você pode ter um perfil mais relevante e ter destaque na disputa por processos nas quais está interessado em participar.

 

Como os recrutadores procuram profissionais?

Pense em como você procura um emprego: provavelmente pesquisa algumas palavras-chave, cargo, localização e setor. O mesmo acontece com os recrutadores. 

Se por um lado você faz uma lista de vagas disponíveis e que se encaixam com o seu perfil, eles fazem uma lista de pessoas que podem dar “match” com a vaga que estão trabalhando.

Assim como você não clica em todas as vagas que aparecem para você, da mesma forma os recrutadores escolhem apenas os candidatos mais atraentes e relevantes para sua pesquisa. 

O critério que sempre é utilizado para esta lista: eles selecionam as habilidades mais importantes exigidas para o trabalho que estão trabalhando. Além das habilidades, algumas informações como indústria, educação e conhecimentos são considerados. Se a posição não for remota, a localização é também um fator significativo.

O resultado é uma lista de possíveis combinações e então começa a negociação!

Portanto, se você deseja que os recrutadores entrem em contato com você, seu perfil deve estar na primeira ou na segunda página desta pesquisa. 

Para isso, seu perfil deve ser bem otimizado para aparecer nestes resultados da pesquisa. Você precisa se destacar dos outros candidatos e isso é possível quando o candidato tem um perfil ativo e completo.

 

O que você precisa para ter um Perfil Campeão

  • Ter uma foto de perfil;
  • Adicionar setor em que trabalha;
  • Seu cargo e experiência atual;
  • 2 experiências anteriores;
  • Seus estudos;
  • 3 habilidades;
  • Sua localização;
  • 50 ou mais conexões.

É importante tornar seu perfil público e criar seu próprio link. No entanto, o básico não é suficiente se você deseja que os recrutadores entrem em contato com você. 

 

Dicas para melhorar o seu perfil no LinkedIn

1. Escolha o título e os cargos de maneira inteligente

O título e o cargo atual ou mais recente são a primeira coisa que os recrutadores procuram, mas também são importantes para o algoritmo de pesquisa do LinkedIn. 

É a principal informação vista nos resultados da pesquisa ao lado do nome e da foto do perfil. Use todo o potencial desses 100 caracteres disponíveis para o cargo. 

Seja específico, mas descreva o que você faz. Incorpore a terminologia comum usada em seu setor.

O algoritmo de pesquisa do LinkedIn não é inteligente o suficiente para entender sinônimos. 

2. Onde você gostaria de trabalhar?

Sim, suas habilidades são importantes, mas os recrutadores entrarão em contato primeiro com os candidatos que têm maior probabilidade de aceitar a oferta. 

Eles geralmente procuram por candidatos locais. Portanto, se você está disposto a se mudar por causa do trabalho, considere alterar sua localização.

3. Escolha as palavras-chave certas

Embora as palavras-chave listadas na seção “Habilidades e Recomendações” sejam pesquisáveis, elas não são tão importantes quanto as de seu título, cargos ou descrição de funções. 

Os recrutadores geralmente têm uma lista de palavras chaves para a vaga que estão trabalhando. Se quiserem encontrar um profissional de Marketing, por exemplo, eles irão procurar por pessoas que conheçam Planejamento Estratégico, Pesquisa & Desenvolvimento, Vendas e Trade Marketing e assim por diante.

Essas palavras-chave aparecem no campo de pesquisa do LinkedIn, então é melhor você colocar as palavras-chave certas em diferentes seções do seu perfil.

4. Seja criativo e objetivo na seção de resumo

Mostre um pouco da sua personalidade. Os recrutadores precisam saber quem você é, o que deseja do trabalho e qual é a sua experiência. 

Além disso, escreva as palavras-chave de que falamos anteriormente neste resumo.

5. Mostre suas habilidades na seção de experiência

Você já adicionou as experiências profissionais relevantes ao seu perfil do LinkedIn? Seu perfil do LinkedIn é o seu currículo, portanto, descreva as habilidades que possui.

6. Escolha uma foto profissional

Quando os headhunters procuram um candidato em potencial, as primeiras coisas que veem são o título, seu nome e sua foto de perfil. 

Há uma possibilidade maior de que eles visitem seu perfil se você tiver uma foto. Tenha uma que seja bem nítida e atual. 

7. Verifique a ortografia e a gramática

Verifique os erros ortográficos e gramaticais, pois isso pode ser um grande sinal de alerta para os recrutadores. Sem contar que se você digitar uma palavra-chave incorretamente, os recrutadores não conseguirão encontrar você. 

 

Conclusão: seja um membro ativo da comunidade

Criar um bom perfil não é o bastante, você deve ser um membro ativo no LinkedIn se quiser ser notado. 

Comente postagens, participe de grupos, escreva artigos ou compartilhe coisas que estão em alta na indústria. Sempre mantenha seu perfil atualizado e escreva palavras-chave em todas as seções do seu perfil.

Você precisa pensar nos algoritmos de pesquisa do LinkedIn e nos próprios recrutadores, então pense estrategicamente e os recrutadores continuarão vindo até você.

Precisa de ajuda para tornar o seu Perfil Campeão? Conheça nossos serviços  especializados para pessoas físicas desenhados sob medida – seja para reflexão mais estruturada de sua carreira ou para o reposicionamento no mercado de trabalho. São focados em reflexão, planejamento de carreira, outplacement, transição de carreira, recolocação profissional e posicionamento de marca profissional.

Proporcionamos um extenso trabalho de consultoria para profissionais, o qual inclui:

  • Construção de cenários de empregabilidade no curto e médio prazo;
  • Mapeamento estratégico de oportunidades para assertividade nos processos de recolocação;
  • Portal 100% digital (cloud) para que o assessorado acompanhe em tempo real todas as ações de mercado gerada e administrada pela equipe de especialistas.

Fale com um dos nossos consultores ainda hoje!